Graduação em Engenharia de Computação

A informática avançou e a ciência computacional também. Para acompanhar essa evolução, surge um novo tipo de profissional: o Engenheiro de Computação. É ele quem trabalha com as diversas facetas da informática, inclusive os aspectos de hardware e software no projeto e desenho de sistemas computacionais, redes e processos.

Perfil

Facilidade com as Ciências Exatas é fundamental para quem pretende seguir a carreira. Outra exigência é que o futuro profissional busque constante atualização em sua área de conhecimento, afinal, as tecnologias mudam a todo o instante. Ao final do curso, o estudante terá sólida formação técnico-científica e profissional que o capacita a absorver e desenvolver novas tecnologias.

Mercado de trabalho

A atuação profissional está situada na interface científica e tecnológica entre as engenharias Elétrica e Eletrônica e a Ciência da Computação. O profissional trabalha projetando e desenvolvendo sistemas e tecnologias para aquisição da informação, processamento, armazenamento, comunicação e controle. Atua, também, no desenvolvimento de programas e produtos de uso específico, como sistemas que utilizam tecnologia digital e de informática. Setores de telecomunicação e de desenvolvimento de software e hardware, bancos, empresas de comércio eletrônico e de consultoria tecnológica costumam ofertar vagas para profissionais formados nessa área.

O curso na UnB

O curso de Engenharia de Computação oferece uma base forte de formação teórica, que permite acompanhar as transformações tecnológicas da profissão. Outro pilar da graduação é o "saber fazer", ou seja, a incorporação do componente prático de operacionalização do conhecimento e da materialização de um projeto. O currículo é hierarquizado com pré-requisitos e co-requisitos e é constituído por quatro elementos: núcleo de conteúdos de formação básica, núcleo de conteúdos profissionalizantes, núcleo de conteúdos de formação específica e núcleo de atividade de prática profissional. Os estudantes cursam matérias básicas de engenharia e outras específicas, como Eletrônica, Linguagens de Programação, Circuitos Elétricos, Sistemas Digitais, Redes de Computadores e Banco de Dados. No último ano, o aluno faz um estágio supervisionado e pode cursar disciplinas eletivas que orientam a formação para uma área específica da profissão. O projeto final de curso também é feito em duas matérias, quando o aluno aprofunda conhecimentos em técnicas de desenvolvimento de hardwares e/ou softwares para sistemas computacionais.

Infraestrutura

O curso possui laboratórios de Informática, Circuitos Elétricos, Sistemas Embarcados e Robótica, além de corpo docente especializado na área de atuação do curso.

Dados gerais:

  • Habilitação: Bacharelado
  • Unidades Acadêmicas: Departamento de Ciência da Computação (CIC), do Instituto de Ciências Exatas (IE), e Departamento de Engenharia Elétrica da Faculdade de Tecnologia (FT).
  • Campus: Plano Piloto
  • Turno: diurno
  • Vagas por semestre: 40
  • Número de semestres: 8 (mínimo)/ 16 (máximo).
  • Currículo
  • Fluxo
  • Telefone: +55 (61) 3307-2702

 

Campus Universitário Darcy Ribeiro

Asa Norte, Brasília-DF, CEP 70910-900

 

Secretaria: +55 (61) 3107-5510

 

Demais telefones UnB

 

secene@ene.unb.br

 

 

Localização

Copyright 2018 © Universidade de Brasília | Faculdade de Tecnologia. Todos os direitos reservados.